JORGELSBARBOSA

Poesia e Prosa

Textos

NADA E TUDO
09/03/2017
Não achar, nem enxergar.
Ausência de olhar positivo
Falta do sonho encontrado
Desencontro lá do objetivo

Apenas assim, sem nada.
Abertura para nenhum lugar
Algo passado com frase vaga
Desventura no foco sem ar

Nunca visto um só registro
Inexistência de ver ou estar
Jamais uma dica ou a pista
Falta morada, casa ou lar.

Escassez de então existir ali
Zero por cento de uma vida
Fim de qualquer movimento
Negação completa é sentida

Mas vejo ali uma abertura
Uma porta de um contato
O encaixe de uma conexão
Um som, um elo imediato.

Diferente fase aparecendo
E a nave seguindo adiante
A nova história se abrindo
Com o futuro determinante.

Então o nada que se apagou
Veio a ideia, a voz do projeto
A cor da voz do planejamento
A visão de tudo deste trajeto

E tudo somos todos nós juntos
Temos o poder para conduzir
A nave aqui em nossas mãos
E força para ajudar e nos unir




A idealização dos direitos
O pensamento fluindo geral
A arte e a cultura se juntando
E o plano no momento total

O sonho se tornando realidade
Uma vivência bem igualitária
Uma revolução deste universo
Uma iluminação bem lendária

A percepção de construir a base
E o amor é o grande conceito
O objetivo é nosso mundo novo
E sempre tudo do nosso jeito.

JorgeLSBarbosa
Enviado por JorgeLSBarbosa em 11/01/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras